9 de setembro de 2014

A oração deve ser uma atitude constante em nossa caminhada de fé para escutarmos a Deus e não sermos imprudentes nas escolhas que precisamos fazer na vida. “Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus” (Lucas 6, 12). Hoje nós queremos meditar sobre o sentido da oração na vida de Jesus e na vida de cada um de nós. A primeira coisa a refletirmos: a oração é uma atitude; atitude do espírito, de vida. Precisamos ter disposição para orar, precisamos querer orar. Nós tomamos a atitude quando compreendemos a importância de alguma coisa para a nossa vida. O Mestre Jesus sabia que, no dia seguinte, Ele iria escolher entre os Seus discípulos aqueles que seriam Seus doze apóstolos. Uma grande responsabilidade, os apóstolos são os colaboradores diretos do Senhor, são eles que têm a missão de levar a Palavra, o ensinamento de Jesus a todos os povos. Por isso o Senhor se recolhe para que, nessa atitude de comunhão e de escuta do coração do Pai, pudesse ter a sabedoria, o discernimento, a prudência e pudesse fazer uma escolha boa e sensata, de acordo com os desígnios do Reino de Deus. Quem de nós que não precisa tomar decisões na vida? Quem não necessita ser revestido desse espírito de prudência, de sabedoria, de atenção, de cuidado? Nós, muitas vezes, damos passos errados na vida por faltar justamente essa atitude de oração. Sim, por não fazermos da oração uma prioridade em nossa vida. A oração nos reveste do Espírito do Senhor e tira de nós somente a visão humana, que é, muitas vezes, limitada, distorcida, que temos das realidades. Nós batemos muito a cabeça, muitas vezes, quebramos a cara, nos iludimos, nos enganamos por isso, porque não oramos. Deus deseja conduzir nossos passos, iluminar nossas decisões, ajudar nas nossas escolhas, abençoar os nossos caminhos, mas não podemos só desejar, precisamos nos revestir do Espírito do Senhor. Por isso a importância da oração, a necessidade de nos colocarmos em atitude de oração para escutarmos a Deus e para não sermos imprudentes nas escolhas que precisamos fazer na vida. Que a oração seja uma atitude constante em nossa caminhada de fé! Que Deus abençoe você
Flávia Pinheiro - Matriz São José

Nenhum comentário:

Postar um comentário