14 de maio de 2015

Aprendendo a rezar com Maria
Com o Espírito Santo aprendemos a ter um relacionamento filial com Maria e rezar com ela


Eu sou filha de Maria e acolho você que também é este filho que a Mãe tanto ama. Nossa Senhora o ama e está olhando para você, para sua família, para aquilo que você tem no seu coração.
No livro que escrevi – Terço na Mão e Fé no Coração –, conto minha experiência com Nossa Senhora de Lourdes. Hoje, eu me recordava que, antes de entrar para a Canção Nova, quando me sentia sem a direção de Deus para minha vida, eu passava em frente uma casa, subindo uma ladeira na cidade onde eu morava, em Minas Gerais (MG), e me sentia atraída a olhar para uma linda imagem de Nossa Senhora no interior daquela casa.
Eu achava que Nossa Senhora não gostava de mim, mas ela se fez presente em muitos momentos da minha vida, sem que eu me desse conta. Hoje, percebo o quanto ela cuidou de mim. Tenho feito a experiência de me colocar cada dia mais como sua filha. Ela me escolheu, ela me chamou e ela é essa presença real também na sua família, na sua história.
Nossa Senhora quer filhos que não tenham medo de se aproximar de sua mãe. Não tenha medo de recebê-la como mãe, de falar com ela como um filho fala com sua mãe. O Papa tem o costume de pedir que rezem por ele uma ‘Ave-Maria’ pelo seu ministério. O Pontífice tem este amor filial por Nossa Senhora.
A Virgem Maria nos convida a viver essa amizade, essa intimidade com ela. Muitas vezes, você nem consegue verbalizar o que está sentindo, mas ela é mãe e nos ensina a viver bem todas as coisas. Ela nos escolhe também para podermos trabalhar com ela. “Muito mais importante que falar de Nossa Senhora, é tê-la por mãe.” Essa frase tirou de mim um peso e eu percebi que posso trabalhar com ela na minha simplicidade.
Nossa Senhora quer contar com você, quer você junto dela. Não tenha medo de dizer: “Pode contar comigo, mãe!”. Ela tem por missão reunir todos os seus filhos para a missão. Consagre-se a ela, confie a ela tudo o que você é, tudo o que você sabe fazer. Há muita gente precisando viver a linda experiência do encontro pessoal com Jesus, e Nossa Senhora quer contar com você para ajudar essas pessoas.
Deixe que ela coloque em seu coração os pensamentos de Jesus. Mesmo que você pense “eu sou velho, quem vai querer me ouvir?” ou “eu não sei falar!”, “eu gaguejo, tenho vergonha”, entregue a ela essa sua vontade de fazer alguma coisa pelo Reino de Deus.
Nossa Senhora escolhe também os simples, como escolheu os pastorinhos em Fátima, Portugal. Ela escolheu Bernadete, em Lourdes, que era considerada a mais ignorante. Maria escolheu um índio, em Guadalupe, que também era um homem simples. Em Aparecida, ela escolheu pescadores. Você tem dúvida de que ela escolhe os simples?
Ela está de olho em você, ela quer contar com você! Quantas coisas boas podemos fazer com Nossa Senhora, que quer que seus filhos sejam salvos! Ela se preocupa com você. Quando você chora, ela chora junto com você.
Mãe que é mãe não abandona o filho! Por isso, entregue nas mãos dela o que você não consegue resolver. Quantas pessoas querem ver sua vida resolvida na afetividade! Entregue sua situação a Nossa Senhora. Quantas mulheres não conseguem engravidar! Entregue sua fertilidade a Nossa Senhora” Ela vai desatar o nó no seu casamento, na sua enfermidade.
Faça uma oração de entrega, de confiança, de quem acredita na poderosa intercessão da escolhida de Deus. Quando sabemos que a mãe está por perto, não temos medo. Na nossa vida é assim, quando temos consciência de que a mãe está por perto, pode acontecer tudo, mas aguentamos, porque temos paz.
Peço que o Espírito Santo venha sobre você e coloque em seu coração a certeza de que não está só. Que o Paráclito o convença do cuidado de Nossa Senhora por você e que Ele possa reacender sua relação filial com Maria.

Aprendendo_a_rezar_com_Maria

Sônia Venâncio


Missionária da Comunidade Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário