15 de junho de 2015

13 dicas de encontros para um namoro Católico
Construindo a santidade a dois

Young couple in love outdoor_

Ter um namoro santo é uma tarefa difícil, é preciso que o casal saiba como “namorar”. 
Uma parte extremamente importante em um namoro são os encontros. Por esta razão,
 este artigo mostrará algumas dicas de encontros para os casais de namorados que 
procuram viver a santidade no namoro.

1)  Família/Amigos

Os namorados não devem se fechar aos outros; ao contrário, devem manter os 
relacionamentos com a família e com os amigos. Não podem esquecer dos melhores 
amigos, eles são tesouros dados por Deus (Eclo 6,14). A família é essência e base, 
nunca podemos deixá-la de lado (Mc 3,25). 
 
Dicas:

Visitar a família e amigos.

Sair com a família e amigos - ex: missa, grupo de jovens, shopping, sorveteria, etc.

2) Bíblia 

Ler a Bíblia é um dever para toda pessoa que se diz católica, é essencial para todo 
cristão. A palavra de Deus tem poder para curar, confortar, converter, saciar, acalmar, 
iluminar, endireitar, transformar [...]. Seu poder é sem limites para todo aquele que a
 acolhe com fé e disposição interior. A palavra de Deus é alimento, - de fato, Jesus é 
a Palavra Viva do Pai, que se faz alimento para nós na Eucaristia - e direção 
(Mt 4,4; 7,24). Quantos bons frutos não amadurecem na vida do casal que lê, partilha e
 põe em prática a palavra de Deus? 
 
Dicas:

Escolher um livro da Bíblia e ler um capítulo por dia, cada um pode ler em sua própria 
casa. Partilhar a leitura um com o outro no final do dia – pode ser por telefone mesmo -
 ou fazer anotações importantes sobre cada dia e partilhar tudo no final da semana 
quando o casal se encontrar, ou ainda, estipular um período para a partilha que não
 passe de quinze dias.

3) Rezar 

É muito importante que os namorados rezem juntos, a oração é um costume que deve
 ser desenvolvido pelo casal ainda no namoro. Rezar é falar com Deus, o diálogo entre 
namorados é importante, porém nunca deve-se esquecer ou diminuir o diálogo que 
cada um precisa ter com Deus (Ts 5,17). 
 
Dicas:

Rezar antes de um encontro pedindo para que Espírito Santo conduza cada palavra, 
gesto, olhar e pensamento, não permitindo que nada contrária a vontade de Deus 
possa acontecer.

Rezar durante um encontro nos momentos de tentações.

Rezar depois de um encontro agradecendo pelos momentos bons e pedindo perdão 
pelos momentos ruins.

Rezar antes das refeições. Não deixem de rezar mesmo se estiverem em um local 
público, será até uma oportunidade de testemunhar a fé (II Tm 1,8).

Rezar o terço pedindo que a Virgem Maria interceda pelo namoro. Recomenda-se 
rezar o terço pelo menos uma vez ao mês.

Participar de grupos de oração.

4) Adoração 

Quão lindo é o casal de namorados que adoram a Jesus Cristo juntos, os momentos 
passados diante de Jesus Eucarístico são incomparáveis, repletos de graças e bençãos. Adorar, contemplar, pedir, suplicar, render graças. Diante do Rei dos Reis todo joelho se dobre (Rm 14,11), todo 
coração se abra e toda alma queime de amor. Os namorados só conseguirão viver um 
amor verdadeiro se voltarem-se para o Verdadeiro Amor de suas vidas: Jesus Cristo. 
 
Dicas:

Fazer um momento de adoração diante de Jesus Eucarístico pelo menos uma vez ao 
mês .

Geralmente as paróquias e comunidades possuem um dia específico para adoração, 
seria interessante procurar informações para ver a possibilidade de estar participando 
também nesses dias. 

5) Confissão 

Cristo conferiu aos apóstolos o poder de perdoar os pecados (Jo 20,21-13). Na 
confissão é o próprio Cristo que perdoa na pessoa do sacerdote, ou seja, nela o 
pecador arrependido se encontra com o Cristo misericordioso, e é purificado de todos 
seus pecados. A confissão também concede ao pecador força para resistir as futuras 
tentações. Este sacramento é muito importante para o casal que quer viver a 
santidade, devendo ser buscado sempre que o casal – ou um dos namorados – 
comete um pecado mortal. Contudo, a confissão
dos pecados veniais também é aconselhada. Não tenha medo de recomeçar, 
alegre-se, pois Deus sempre acolhe o pecador de braços abertos (Sl 32,1). 

Dicas:

Ir ao confessionário mensalmente – a confissão semanal também é aconselhável.

Os namorados podem ir juntos, ou separados – o importante é sempre incentivar 
um ao outro a participação deste sacramento.

6) Caridade 

A caridade é apresentada como a maior das virtudes (I Cor 13,13), praticá-la é um 
dever ao qual Jesus nos convida. O fato é que todos nós batizados somos inseridos 
em Cristo, tornando-nos com Ele um só corpo, do qual Cristo é a cabeça
 (I Cor 12,13). Por ordem da graça estamos intimamente ligados uns com os outros, 
se um membro do corpo sofre, todos sofrem com ele, se um membro do corpo é 
honrado, todos são honrados com ele (I Cor 12,26). 
 
Dicas:

Visitar orfanatos, asilos, hospitais, etc.


7) Santa Missa 

Participar da Santa Missa é sem sombra de dúvidas uma excelente opção de encontro
 para os namorados. Na verdade, é mais que uma opção, é dever de todo casal de 
namorados participarem da Santa Missa juntos, pelo menos um vez na semana - 
Domingo. Um namoro católico deve ser firmado em Jesus, e é na Santa Missa que 
ambos tornar-se-ão um com Ele (Jo 6,56), e encontrarão forças para viver um namoro 
santo (Fl 4,13). 
 
Dicas:

Pode-se frequentar a Santa Missa diariamente. “A Missa diária é para aqueles que 
não têm nada melhor para fazer, ou seja, todos nós” - Jason Evert.

8) Conversar sobre o Namoro 

A cada certo tempo, é extremamente importante para o casal conversar a 
respeito do namoro. Descobrir se o relacionamento está progredindo ou não. Se a
 conversa for bem sincera será de grande ajuda, podendo impedir grandes 
desapontamentos no futuro – ex: casamento. É preciso que ambos tenham 
em mente o que procuram em um namorado(a), se o namorado(a) daria um bom 
marido/esposa, um bom pai/mãe, se a pessoa tem os mesmos princípios, se 
possuí as qualidades básicas que você procura – ex: ser católica, casta, etc.
 O namoro serve exatamente para descobrir se a pessoa será um bom companheiro
(a) em todos os aspectos – menos sexualmente é claro. Não deixe que os 
desejos carnais atrapalhem a decisão de continuar ou não o namoro, sempre 
busque decidir pela parte espiritual, moral e ética. 
 
Dicas:

Estipule um período para conversar sobre a relação. Ex: de dois em dois meses. 
Ás vezes pode ser necessário quebrar este padrão, sinta-se livre para fazê-lo.

Alguns pontos importantes a serem observados durante a conversa são: Como anda
 o crescimento espiritual do casal? Como anda a vivência da santidade? Como anda 
a vivência da castidade e pureza? Existe mais mágoas do que alegrias? O namoro 
está fazendo com que você seja uma pessoa melhor? Existe respeito, 
honestidade, fidelidade, amor, perdão, compreensão, arrependimento, superação, 
comunicação, dedicação e atenção no namoro? Sinto-me chamado(a) para 
uma outra vocação? Como está o relacionamento do casal com Deus? Como 
está o relacionamento do casal com a família e amigos?

Criticar e elogiar também é importante – isso pode ser feito diariamente ou nos 
momentos oportunos. 

9) Grupos de Jovens

Frequentar grupos de jovens é um ótimo pedido de encontro. No grupo o casal pode 
descontrair, brincar, dançar, cantar, aprender sobre a fé, rezar, fazer novas amizades,
 etc. Os grupos de jovens são uma ótima oportunidade para diversão, crescimento 
espiritual e relacionamentos. Apenas certifiquem-se de que o grupo em si seja 
levado a sério por seus coordenares e participantes, e seja coerente com a doutrina 
católica. 
 
Dicas:

O casal pode conversar depois do grupo sobre os momentos que mais lhes chamaram 
a atenção, o que mais gostaram, o que aprenderam de novo, como colocarem em 
prática o que foi discutido no grupo, etc.

Seria interessante conhecer e participar de outros grupos de jovens se possível.

10) Livros

Ler livros sobre a doutrina católica pode ser muito importante para o crescimento 
espiritual, moral e para o fortalecimento da fé do casal. A doutrina católica é um grande
 tesouro que pode ser explorado, e que com certeza ajudará ambos a viverem cada 
vez mais de acordo com a vontade de Deus em todos os sentidos de suas vidas.
 Apenas certifiquem-se de que os livros sejam realmente católicos. 
 
Dicas:

Temas recomendados: Missa, Teologia da Corpo, Namoro, Castidade, Modéstia,
 Santidade, Casamento, Métodos Naturais para o Controle de Natalidade, – este 
talvez seja mais interessante caso for um noivado - Os Sacramentos, – 
principalmente a Eucaristia e Confissão - Livros de Apologética, – ex: Primado, 
Presença Real, Sola Scriptura, Tradição Apostólica, Maria, Intercessão dos 
Santos, Purgatório, Fim dos Tempos - O Catecismo da Igreja Católica, O 
Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, Youcat, Documentos da Igreja – 
ex: encíclicas.

Tirar um dia para ler juntos, - não precisa ser o livro inteiro - o casal pode ler o livro 
em casa, num parque, no local que escolherem, e após a leitura, compartilharem 
o que foi lido ou ir expondo os pensamentos a medida que encontrarem algo que lhes
 chamem a atenção.

11) Filmes/Músicas 

Assistir filme e ouvir música são coisas que todo mundo gosta de fazer, é relaxante,
 fornece entretenimento, é diverto, e às vezes pode ser até edificante. Dê preferência 
a filmes católicos ou do gênero – caso o filme seja protestante esteja atento aos 
erros doutrinários. Caso optarem por assistirem filmes seculares, escolham 
sempre aquele tenha algo de bom para transmitir e estejam atentos as incoerências. 
Saibam que muitos filmes procuram manchar a imagem da Igreja e a fé católica 
– ex: Código Da Vinci e Anjos e Demônios. As músicas também devem 
preferencialmente serem católicas ou do gênero – caso a música seja protestante 
esteja atento aos erros doutrinários. As músicas seculares são um grande problema, 
pois dizem coisas completamente contrárias ao Evangelho – ex: traição, falta de 
compromisso, fornicação, etc. Estejam atentos as letras e procurem não escutarem 
nada de imoral, ateu, antiético e afins (Gl 5,19). 
 
Dicas:

Bandas católicas recomendadas: Missionários Shalom, Toca de Assis, Eliana Ribeiro,
Ministério Adoração e Vida, Ir. Kelly Patricia, Dunga e Eliana Ribeiro – existem muitas
 outras bandas boas também.

Ouvir a música em casa, num parque, sozinhos ou entre amigos/família.

Ir a shows de bandas católicas.

O Temas de filmes: santos, Maria, milagres eucarísticos, Paixão de Cristo, histórias
 bíblicas, etc.

Assistir o filme em casa ou no cinema, só o casal ou convidar amigos/família para
 assistirem juntos.

O casal de namorados pode fazer um momento de reflexão depois do filme.


12) Atividades Físicas 

As atividades físicas são ótimas para a saúde. São também uma forma de 
transformar a energia sexual em energia não sexual. Além de proporcionarem 
momentos de diversão, descontração, distração, etc. 
 
Dicas:

Caminhar, correr, andar de patins/bicicleta/skate, jogar futebol/vôlei/basquete/tênis
/handebol.

Praticar as atividades só o casal ou com amigos/família.


13) Sair sem o namorado(a)

Em um namoro é comum do casal querer sair junto para todo lugar, porém, às vezes é 
importante deixar o outro de lado e sair sozinho(a). Você não precisa estar com o seu 
namorado(a) para ir a Missa, para visitar sua família e amigos, etc. O namorado(a) não
 pode deixar de ir para algum lugar só porque o outro não pode ir, nem este outro 
proibir o namorado(a) de ir para algum lugar só porque ele não pode ir. Além de
 tudo, isso ajudará a criar uma maior confiança e fidelidade. 
 
Dicas:

Visitar aquele velho amigo ou parente que você não vê há muito tempo.

Ir para a Igreja e ter seu momento de oração sozinho(a).

Nenhum comentário:

Postar um comentário